Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Corrupo / Improbidade

Publicado em: 30/06/2020 - 10:44:34

Operação contra juízes, advogados e empresários em GO

Operação contra juízes, advogados e empresários em Goiás apura venda de decisões judiciais, diz MPF. Em um dos casos, desembargador teria recebido R$ 800 mil para proferir uma sentença. PF cumpre 17 mandados de busca e apreensão autorizados pelo STJ.


Por Sílvio Túlio, G1 GO


A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (30) 17 mandados de busca e apreensão contra advogados, juízes e empresários suspeitos de crimes, em Goiás. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a ação apura a venda de decisões judiciais em processos de recuperação judicial de empresas.


Em um dos casos, segundo as investigações, um desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) teria recebido R$ 800 mil para deferir uma decisão judicial.


Os mandados foram autorizados pelo ministro Campbell Marques, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), relator do caso. Ele determinou o sigilo dos autos. Portanto, os nomes dos alvos e da empresa em questão não foram divulgados.


Os mandados são cumpridos em endereços de sete pessoas físicas e uma pessoa jurídica ligadas a dois desembargadores e um juiz do TJ-GO.


Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO) informou que foi comunicada sobre a operação e que representantes do órgão acompanham os procedimentos (leia a íntegra ao final do texto).


Já o TJ-GO disse, por meio da assessoria de imprensa, que está colaborando com a investigação.


G1 também contatou a Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), na manhã desta terça-feira, e aguarda retorno.


Tudo que for apreendido passará por perícia do MPF e da PF. Posteriormente, haverá a análise da necessidade ou não de novas diligências.


Venda de sentenças


De acordo com o MPF, a ação é um desdobramento da Operação Máfia das Falências, deflagrada em novembro do ano passado, em Goiás e mais três estados. Ela apurou a existência de um grupo suspeito de fraudar falências de empresas.


Como membros do Judiciário com prerrogativa de foro foram investigados, a apuração passou para a ser conduzida pela Procuradoria-Geral da República (PGR). O MPF informou que os magistrados são investigados "por integrar organização criminosa envolvida com a venda de decisões judiciais em processos de recuperação judicial de empresas".


Dois crimes foram relatados pela a subprocuradora-geral da República Lindôra Araujo. O primeiro, segundo ela, trata-se da "tentativa de nomeação de administrador específico para atuar no processo de recuperação judicial de uma usina de álcool para a obtenção de lucros".


O outro refere-se à uma suposta venda de decisão judicial. No caso em tese, apura-se o pagamento de R$ 800 mi a um desembargador para autorizar o retorno desse investigado ao cargo de administrador judicial da usina.


OAB-GO


Nota oficial


A OAB-GO informa que foi comunicada, na madrugada desta terça-feira (30), por meio de seu Plantão de Prerrogativas, de operação da Polícia Federal que cumpre mandados de busca e apreensão por supostas fraudes em recuperação judicial de uma empresa em Goiás. Nos termos do artigo 7º, IV, da Lei 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e da OAB), representantes da Comissão de Direitos e Prerrogativas acompanham o procedimento. A OAB não possui nem poderia dar detalhes da ação devido ao sigilo dos autos, determinado pelo Superior Tribunal de Justiça.


OAB Goiás


Magistrados do TJ-GO são alvos de investigação — Foto: Tribunal de Justiça de Goiás/Divulgação




 

Por Sílvio Túlio, G1 GO / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Operação contra juízes, advogados e empresários em GO"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Motoentregador é assassinado por colega na Capital

  Servidor da Sefaz desviava mercadorias na distribuição

  Ildo Furtado é pré-candidato a Prefeito de Figueirão

+Notícias mais lidas da semana

China diz que detectou coronavírus em frango brasileiro
Importações estão mantidas; Autoridades pedem cuidados no preparo dos alimentos.
Em passeio de moto, jovem sofre acidente e morre
Ele esta com amigos. Foi na MS-080, próximo a Corguinho.
Motociclista morre sofrer acidente na Cônsul Assaf Trad
Foram quatro mortes de motociclistas neste final de semana na Capital
Cantor sertanejo e mais 3 morrem em acidente de carro
Foi na MT-251, estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®