Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Mato Grosso do Sul / Economia

Publicado em: 25/05/2020 - 14:26:24

Vendas aos EUA caem e China segura superávit do MS

Com um aumento das exportações para a China, a balança comercial do Mato Grosso do Sul registrou um superávit de US$ 24,3 milhões, entre janeiro e abril de 2020, na comparação com o mesmo período do ano passado.


Dados divulgados nesta segunda-feira (25) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) ainda mostram uma forte queda das exportações para dois dos três maiores parceiros comerciais do Estado: Estados Unidos (-37,03%) e Argentina (-12,34%).


“Em termos de destino das exportações houve uma concentração nas vendas para a China,
representando em jan-abr de 2020 cerca de 47,73% do valor total das exportações”, disse a Semagro, em relatório. O número representa um aumento de 4,76% na participação dos chineses entre os maiores consumidores de produtos do MS. A China é, de longe, a maior parceira comercial do Estado.


Já os americanos importaram menos produtos sul-mato-grossenses neste ano até agora. “A maior queda (nas exportações) foi registrada para os EUA, com baixa de 37,03% nas vendas em relação a jan-abr de 2019”, destaca o documento.


Nos quatro primeiros meses de 2020, as exportações totais de produtos sul-mato-grossenses somaram US$ 1.731.419, ante US$ 1.757.786 no mesmo período do ano passado. Já as importações, ficaram em US$ 752.123 entre janeiro e abril deste ano, contra US$ 802.834 nos quatro primeiros de 2019.


Principais commodities em Três Lagoas


Apesar de uma queda de 15,2% nas exportações de celulose, a commoditie continua sendo o produto mais exportado pelo Estado, representando 33,99% do total, em termos do valor. Nos quatro primeiros meses do ano, foram exportados US$ 588,559 milhões do polímero.


Com isso, o Município de Três Lagoas segue líder em exportações, representando cerca de 44% do total exportado nos primeiros meses de 2020 (US$ 637.759) . Em segundo lugar vem Dourados, que representou cerca de 13,5% de todas as exportações do MS, neste ano, somando US$ 198,188 milhões.


Vale lembrar que os números sofrem variações decorrentes dos preços das commodities, além de uma pressão cambial em razão da forte alta do dólar no período comparado.


Industrializados de MS em baixa, açúcar e óleos em alta


Outras commodities ainda verificaram aumento acentuado das vendas para fora. As exportações de açúcar, por exemplo, somaram US$ 19,595 milhões nos quatro primeiros meses do ano – um aumento de 175,19% em relação ao ano passado. Outro destaque é a categoria de “óleos e gorduras vegetais e animais”, cujas vendas avançaram 115%, para US$ 118,480 milhões.


Já os produtos industrializados apresentaram mau desempenho no período. O valor exportado em calçados e artefatos de couro recuou 13,53% nos quatro primeiros meses do mês, somando US$ 22,089 milhões, ante US$ 25,545 milhões no mesmo período de 2019.


Petróleo e derivados lideram importações


“Petróleo, gás natural e serviços de apoio” é a categoria de produtos que o MS mais importou no período. Foram US$ 431,165 milhões importados, contra US$ 428,604 milhões nos primeiros meses do ano passado – um aumento de 0,6%.


O destaque ficou com “produtos químicos inorgânicos”, cujas importações somaram US$ 79,369 milhões, num aumento de 46,54%, em relação a 2019.


(Foto: ilustrativa)




 

Midiamax / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Vendas aos EUA caem e China segura superávit do MS"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  PRF desmonta ponto de veículos roubados e clonados emMS

  PM ex-segurança de Reinaldo tem R$ 1 milhão bloqueado

  Brasil tem 58.927 mortes por coronavírus confirmadas

+Notícias mais lidas da semana

Carro capota na MS-436, na região de Camapuã
O HB20 tem placa de Costa Rica e duas pessoas ficaram feridas.
OLX cria verificação com foto de documento em MS
Medida veio após enxurrada de golpes nas negociações.
Alta velocidade e neblina provocam capotamento de Hilux
Foi na BR-262 sentido Ribas do Rio Pardo. Três se feriram.
Leia: O historiador que previu uma grave crise em 2020
Adverte ainda sobre período perigoso da História
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®