Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Campo Grande / Geral

Publicado em: 21/05/2020 - 09:19:16

Ex-prefeita da Capital é condenada à prisão por racismo

A ex-prefeita de Campo Grande Nelly Elias Bacha foi condenada a um ano de reclusão, com pena substituída por pagamento de um salário mínimo a instituição de caridade, por ter injuriado racialmente uma desconhecida dela na fila do supermercado. A decisão é do juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal. A decisão foi publicada no Diário da Justiça da terça-feira (19).


De acordo com o relato da vítima, ela apenas fez uma pergunta ao atendente do açougue, quando ouviu a ex-prefeita orientar a funcionária que a acompanhava para que não deixasse a mulher passar na frente delas. “Passa na frente! Entra na frente dessa preta que eu tenho mais o que fazer. Preto nasceu para me servir”, disse Nelly, segundo consta no boletim de ocorrência, em relato confirmado por mais três testemunhas.


A vítima resolveu representar criminalmente contra a ex-prefeita em 2014 e Nelly foi condenada nesta semana a 1 ano de reclusão e 10 dias-multa, esta no valor unitário de 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos.


No entanto, a defesa de Nelly provou nos autos que a ex-prefeita é ré primária, tem 79 anos, portanto é idosa e que está acamada com doença de Parkinson. Portanto, a pena foi reduzida ao pagamento de 1 salário mínimo a uma instituição de caridade.


Nelly Bacha em 2012, na convenção estadual do MDB (Arquivo Midiamax)




 

Midiamax / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Ex-prefeita da Capital é condenada à prisão por racismo"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Músico do Grupo Acaba, Vandir pede ajuda para se manter

'O Globo': Inaceitáveis pressões sobre o Supremo

Decisão de Moraes sobre sigilo pode influenciar TSE

+Notícias mais lidas da semana

'Caminho é cadeia ou cemitério', lamenta mãe
A frase é da mãe do adolescente morto durante assalto à policial.
Advogada é presa ao sair de mercado sem pagar compras
Objetos eram carnes, shampoo, fio dental, velas, bolas e roupas somando R$ 817.
MS: Vereador é condenado por receptação de gado furtado
A pena é de quatro anos, quatro meses e seis dias de prisão
Anaurilândia: Onça parda fica noite em árvore da cidade
Fato chamou atenção dos moradores. PMA aguarda técnico do CRAS para levar animal
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®