Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Acidente

Publicado em: 12/01/2020 - 20:15:56

Bióloga de MS segue sedada em previsão de alta no Peru

A bióloga e professora Mariana Pires, 28 anos, vítima de acidente com ônibus que matou 16 pessoas e feriu 48 em Arequipa, no Peru, segue internada em hospital de Lima, capital do país andino. Ela passou por cirurgias e ainda não tem previsão de alta médica.


Mariana está acompanhada de mãe, pai e do marido, o técnico em segurança do trabalho Danilo Alencar, 30 - também vítima do acidente, mas com ferimentos leves.


Em contato com a reportagem, Alencar disse que a esposa teve uma fissura na face, fraturas na clavícula e nas costelas, além de lesões no pulmão, causadas pelo forte impacto no tórax após o choque.


A professora está sedada em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). “Sobre a volta, não temos previsão, pois estamos aguardando a posição dos médicos. Eles que vão liberar ela para ter uma viagem confortável e sem riscos”, completou Danilo Alencar.


O casal sul-mato-grossense vive em São Gabriel do Oeste - a 140 quilômetros de Campo Grande - e viajava em “mochilão” pelo Peru.



Ônibus ficou destruído após capotar e se chocar com minivans (Foto: Divulgação)Ônibus ficou destruído após capotar e se chocar com minivans (Foto: Divulgação)


Acidente - Ele e a esposa estavam em ônibus da linha Lima-Arequipa, da empresa Cruz del Sur, que capotou e bateu em minivans estacionadas à beira da rodovia Panamericana Sur, na madrugada na última segunda-feira (6).


O acidente aconteceu no distrito de Yauca, província de Caravelí, localizada no departamento de Arequipa.


Segundo informações prestadas pela Sutran (Superintendência de Transporte Terrestre de Pessoas) à imprensa peruana, o ônibus estava a 106 km/h momentos antes do acidente. Por se tratar de uma zona urbana, o limite de velocidade no local onde o veículo capotou é de 35 km/h.



O motorista do ônibus foi responsabilizado pelas autoridades do Peru e teve decretada prisão preventiva de nove meses. Ele, por sua vez, alega que o veículo apresentou falha nos freios.


Mariana e o marido estavam em "mochilão" pelo país andino (Foto: Arquivo Pessoal)




 

Campo Grande News / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Bióloga de MS segue sedada em previsão de alta no Peru"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Por ciúmes, homem esfaqueia mulher em Chapadão do Sul

  Carro aquaplana e capota em lavoura na BR-060

  Pai e filha residentes em Dourados morrem no Paraná

+Notícias mais lidas da semana

Florista baleada pelo ex-namorado morre na Santa Casa
Regiane Fernandes de Farias foi atingida enquanto chegava ao trabalho na Capital
Por ciúmes, homem esfaqueia mulher em Chapadão do Sul
Suspeito foi preso em flagrante; Ele acusava esposa de olhar para outro.
Carreata na Capital comemora 70 anos de festa e devoção
Em Campo Grande, paróquia foi construída em terreno doado por fazendeiro
Menina de 4 anos vai para UTI após picada de escorpião
Ela tem 4 anos e o mesmo nome da menina de 6 que ficou internada no HR daCapital
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®