Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Polícia / Justiça

Publicado em: 06/11/2019 - 10:31:27

Três coronéis da PM julgam oficial que matou marido PM

A tenente-coronel da Polícia Militar Itamara Romeiro Nogueira acusada de matar a tiros o marido, também policial militar, Valdeni Lopes Nogueira, de 45 anos, no dia 12 de julho de 2016 vai a julgamento nesta quarta-feira (6), em Campo Grande, pelo Conselho da Polícia Militar.


A oficial será julgada nesta quarta (6) por três coronéis do Conselho da Polícia Militar, que devem decidir pela sua manutenção ou não dentro da corporação. Já sobre um possível júri popular, a defesa ingressou com recurso junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que a tese seja apreciada e que a ré seja absolvida sumariamente, em julho deste ano.


O crime aconteceu durante um desentendimento, quando Itamara foi agredida pelo marido. Na reconstituição do crime, ocorrida em agosto de 2016, ela contou que houve uma discussão na cozinha e Valdeni a agrediu no corredor da sala, onde a derrubou e chegou a ficar sobre ela. Ela conseguiu se desvencilhar e, imaginando que o marido fosse buscar a arma que estava no carro, Itamara pegou sua arma que estava na sala e atirou duas vezes.


Valdeni foi ferido a tiros ao lado do veículo na garagem da casa. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.  No dia do crime, Itamara foi presa em flagrante, mas acabou liberada logo em seguida e desde então responde o processo em liberdade. Hoje, enquanto aguarda recursos, ela segue trabalhando normalmente, prestando serviços administrativos ao comando da Polícia Militar na Capital e fazendo acompanhamento psicológico.


Em março deste ano, a Justiça barrou o pagamento de seguro de vida a tenente-coronel Itamara Romeiro Nogueira, até que o processo criminal pelo assassinato seja resolvido, já que está em fase recursal. O pedido do pagamento do seguro foi negado no dia 26 de fevereiro deste ano. O valor da apólice é de R$ 115 mil. Mas, como ainda não foi esclarecido se Itamara agiu ou não em legítima defesa até que tudo seja esclarecido o pagamento fica suspenso.


 






 

Midiamax / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Três coronéis da PM julgam oficial que matou marido PM"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Toffoli marca julgamento sobre inquérito das fake news

  Gaeco faz ações na prefeitura e casas em Bandeirantes

  MS: delegado suspeito de sumiço de drogas está preso

+Notícias mais lidas da semana

'Caminho é cadeia ou cemitério', lamenta mãe
A frase é da mãe do adolescente morto durante assalto à policial.
Último 'te amo' foi bilhete lido por médico na UTI
Magno e Laís estão entre os primeiros com covid na Capital, mas como a doença nã
OMS suspende testes com cloroquina e hidroxicloroquina
Suspensão ocorre depois que estudo com 96 mil pacientes não viu efeito
Vendas aos EUA caem e China segura superávit do MS
As exportações para os chineses aumentaram 4,76% entre janeiro e abril deste ano
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®