Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 07/10/2019 - 07:59:33

Denunciado por compra de votos é eleito prefeito em MS

Com 62,4%, o atual prefeito interino da cidade e presidente da Câmara Municipal de Miranda, que foi denunciado por compra de votos, Edson Moraes (Patriotas) foi eleito como o novo prefeito de Miranda. Com pouco mais de 18,8 mil eleitores na cidade, Moraes foi eleito com cerca de 7,3 mil votos. 


De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Miranda, a diferença de 3,7 mil votos deixou Valter Ferreira (DEM) em segundo colocado, com 31% dos votos. A eleição foi realizada a um ano das eleições municipais de 2020, que devem ser realizadas nos municípios de todo o Brasil.


Eleito, Edson disse ao Correio do Estado que a denúncia de compra de votos é mentira e vai se defender na Justiça. "Essa denúncia que teve é montagem do adversário. Aqui em Miranda é assim, muito acirrada e muita rivalidade. Tenho certeza que a Justiça vai apurar os fatos e eu não cometi fato errado. Se deus quiser eu vou vencer", afirmou.


A cidade precisou escolher um novo administrador após a chapa eleita em 2016 ser cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul  (TRE-MS) e a Justiça determinar um novo pleito. 


A então prefeita Marlene de Matos Bossay (MDB), o vice Adailton Rojo Alves (PTB) e seu filho e vereador Ivan Bossay, eleitos em 2016, tiveram seus diplomas cassados por decisão do juiz eleitoral Alexsandro Motta, da 15ª Zona Eleitoral, em razão de prática de captação ilícita de sufrágio e de abuso de poder econômico, mediante compra de votos na Aldeia Lalima, de Miranda.


A determinação de um novo pleito consta da Resolução nº 660, já em vigor, expedida ad referendum do Tribunal Pleno do TRE-MS, pelo desembargador Divoncir Schreiner Maran, presidente em exercício do TRE.


 


(Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado)




 

Correio do Estado/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Denunciado por compra de votos é eleito prefeito em MS"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

Ex-vereadores de 3 cidades devolverão R$ 124,4 mil

  Uma menina de 3 anos viu os pais serem mortos a facadas

Bolsonaro tem 43% de rejeição e 33% de aceitação

+Notícias mais lidas da semana

Mulher com Covid fura isolamento e é presa em MS
Foi em Ponta Porã. Ela vai ter que ficar em casa e com tornozeleira.
'Caminho é cadeia ou cemitério', lamenta mãe
A frase é da mãe do adolescente morto durante assalto à policial.
28 crianças testaram positivo para coronavírus em MS
Nenhuma delas ficou internada. 22 ainda estão em isolamento domiciliar.
MS: Vereador é condenado por receptação de gado furtado
A pena é de quatro anos, quatro meses e seis dias de prisão
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®