Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 07/10/2019 - 07:59:33

Denunciado por compra de votos é eleito prefeito em MS

Com 62,4%, o atual prefeito interino da cidade e presidente da Câmara Municipal de Miranda, que foi denunciado por compra de votos, Edson Moraes (Patriotas) foi eleito como o novo prefeito de Miranda. Com pouco mais de 18,8 mil eleitores na cidade, Moraes foi eleito com cerca de 7,3 mil votos. 


De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Miranda, a diferença de 3,7 mil votos deixou Valter Ferreira (DEM) em segundo colocado, com 31% dos votos. A eleição foi realizada a um ano das eleições municipais de 2020, que devem ser realizadas nos municípios de todo o Brasil.


Eleito, Edson disse ao Correio do Estado que a denúncia de compra de votos é mentira e vai se defender na Justiça. "Essa denúncia que teve é montagem do adversário. Aqui em Miranda é assim, muito acirrada e muita rivalidade. Tenho certeza que a Justiça vai apurar os fatos e eu não cometi fato errado. Se deus quiser eu vou vencer", afirmou.


A cidade precisou escolher um novo administrador após a chapa eleita em 2016 ser cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul  (TRE-MS) e a Justiça determinar um novo pleito. 


A então prefeita Marlene de Matos Bossay (MDB), o vice Adailton Rojo Alves (PTB) e seu filho e vereador Ivan Bossay, eleitos em 2016, tiveram seus diplomas cassados por decisão do juiz eleitoral Alexsandro Motta, da 15ª Zona Eleitoral, em razão de prática de captação ilícita de sufrágio e de abuso de poder econômico, mediante compra de votos na Aldeia Lalima, de Miranda.


A determinação de um novo pleito consta da Resolução nº 660, já em vigor, expedida ad referendum do Tribunal Pleno do TRE-MS, pelo desembargador Divoncir Schreiner Maran, presidente em exercício do TRE.


 


(Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado)




 

Correio do Estado/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Denunciado por compra de votos é eleito prefeito em MS"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Colisão entre carretas e carros mata condutor na MS-306

  Após confusão no PSL, Soraya vai ao TRE contra Trutis

  Homem é morto a tiros em Camapuã no sábado (12)

+Notícias mais lidas da semana

Vacina BCG será testada contra coronavírus em MS
Teste será realizado em profissionais da saúde que ainda não foram infectados
‘Sertanejo ostentação’ revelou lavagem de dinheiro
Polícia Federal investiga 19 pessoas da mesma família em MS, MT e Paraguai
MS: Quatro municípios dobraram população em 20 anos
Em Camapuã houve queda populacional de 16.446 para 13.693, ou seja, 16,7%.
Familiares de casal morto a tiros prestam depoimento
A mulher foi encontrada com o short abaixado
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®