Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Porto Murtinho / Assassinato

Publicado em: 26/08/2019 - 20:52:58

Amante de gerente suspeito de matar também está presa
Regiane está presa desde sábado (Foto: Reprodução Facebook)Regiane está presa desde sábado (Foto: Reprodução Facebook)


Regiane Marcondes Machado, de 33 anos, foi presa pela Polícia Civil por suspeita de envolvimento no desaparecimento da funcionária pública Nathália Alves Corrêa Baptista, de 27 anos. Assim como a vítima, a mulher mantinha um relacionamento amoroso com o principal suspeito do caso, José Romero, de 37 anos.



Segundo o delegado João Cleber Doneles, titular da Delegacia de Porto Murtinho – a 431 quilômetros de Campo Grande – Regiane foi presa temporariamente no sábado, dia 24, por suspeita de participar no desaparecimento e morte de Nathália. A principal linha de investigação e que a jovem tenha sido vítima de crime passional.


Conforme apurado pela reportagem, testemunhas relataram a polícia que Regiane já havia flagrado Nathália com o amante e chegou a mandar mensagens para a funcionária pública ordenando que ela se afastasse de José, que trabalhava como gerente em uma pousada da cidade.


Ao Campo Grande News, o delegado detalhou que ainda não há pistas da localização do corpo e que os suspeitos seguem negando envolvimento com o caso. Agora a polícia aguarda os laudos feitos nos quartos da pousada em que José usava para se encontrar com as duas mulheres, além da análise da quebra de sigilo telefônico dele.


José Romero está preso desde o dia 19 de agosto, quando se apresentou na DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes do Homicídio) em Campo Grande. Ele se tornou alvo das investigações depois que a quebra de sigilo telefônico de Nathália mostrou que ele foi à última pessoa a ligar e enviar mensagens para ela antes do desaparecimento.


No primeiro depoimento, José mentiu sobre os horários das mensagens enviadas à servidora, o que chamou atenção dos investigadores. Outro detalhe que despertou a suspeita do envolvimento dele no desaparecimento, foi a apreensão do carro de Nathália em frente à casa do padrasto dela, que fica a poucos metros da pousada, ponto exato em que testemunhas relataram que ela estacionava sempre que ia se encontrar com o gerente.


Regiane está presa desde sábado (Foto: Reprodução Facebook)




 

Campo Grande News / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Amante de gerente suspeito de matar também está presa"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Trump cita Brasil em 'situação difícil' quanto ao Covid

  Pneu fura, carro roda na pista e bate em 2 veículos

TSE autoriza convenções partidárias virtuais

+Notícias mais lidas da semana

Operação apura fraude na compra de máscaras para a PRF
Mandados foram cumpridos pela Polícia Federal nesta quinta-feira (4)
Homem fez selfie dirigindo carro roubado a 190Km/h
Roubo foi em Chapadão do Sul. Vítima mantida refém por 16h às margens da BR-060
Corguinho e Aparecida do Taboado tem casos coronavírus
65 das cidades de Mato Grosso do Sul já contam com casos positivos da doença
Mulher bêbada e sem CNH oferece R$ 500 a PMs e é presa
Foi após atropelar entregador. O motociclista foi socorrido pelo Samu.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®