Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 13/08/2019 - 09:26:58

Comerciante é preso por reter cartão de indígenas

Dono de uma mercearia foi preso ontem (12) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, acusado de reter documentos pessoais e o cartão do programa Bolsa Família de uma mulher indígena de 23 anos. A retenção criminosa de cartões dos índios por comerciantes douradenses é problema antigo e já foi alvo de várias operações da Polícia Federal.


Segundo as investigações que já levaram à condenação judicial de comerciantes, eles vendem alimentos a prazo para os índios, geralmente com valores abusivos, e para ter certeza que vão receber retêm os cartões bancários e documentos.


Vania Duarte da Silva Gonçalves relatou aos guardas municipais que levaram Valdir Moraes, 54, para a delegacia, que há mais de um ano ele estava com seus documentos e sacava o dinheiro do programa federal direto de sua conta.


Ela procurou o posto a Guarda no Parque Antenor Martins, no Jardim Flórida para denunciar o comerciante, dono da mercearia localizada no Novo Parque Alvorada, região oeste da cidade.


Os guardas municipais se deslocaram até a mercearia, localizada na Rua Eduardo Cersósimo de Souza, no Novo Parque Alvorada. Valdir Moraes confirmou que estava com os documentos pessoais e o cartão de beneficio de Vania há pelo menos um ano, mas alegou que apenas guardava os documentos para a vítima.


Ele entregou aos guardas o cartão do Bolsa Família, o CPF, a carteira de identidade e o comprovante de pagamento de beneficio no valor total de R$ 514 com data de 18 de julho deste ano.


Acusado e vitima foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde o comerciante confessou ter em seu poder os documentos e cartões de pelo menos outros oito indígenas que usava para sacar dinheiro. A mercearia dele fica perto da reserva de Dourados.


Na delegacia, Vania informou que por várias vezes tentou pegar o cartão e seus documentos de volta, porém Valdir não devolveu. Ele foi autuado em flagrante por estelionato e supressão de documento particular.


 


(Foto: Divulgação)




 

Campo Grande News / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Comerciante é preso por reter cartão de indígenas"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Cadeirante fica presa em porta de Fórum em Dourados

  Sábado será ensolarado em todo Mato Grosso do Sul

  ‘Ninguém é obrigado a gostar, mas respeitar é um dever’

+Notícias mais lidas da semana

Criador de porcos é autuado pela 2ª vez em Camapuã
Fato ocorreu em propriedade localizada próxima ao Distrito de Pontinha do Cocho
Acidente com ônibus deixa 21 mortos no norte do Chile
Foi na Rota B-710, em Taltal, na província de Antofagasta,há 1200 km de Santiago
Previsão de obras na rodovia MS-306 é fevereiro de 2020
Governador verá, amanhã, abertura do leilão da concessão na Bolsa de Valores-SP
Assaltantes fogem com reféns em capô de camionete
Foi em SC, após assaltos a bancos em Vidal Ramos, no Vale do Itajaí
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®