Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 13/08/2019 - 08:00:57

Alimentação ajuda a evitar cólicas e dores abdominais

Sabe aquela sensação de incômodo crescente no estômago, que não passa, vai e volta? É assim que a maioria das pessoas percebe a cólica abdominal, como uma dor tipo aperto, que piora e alivia, de intensidade variável. Muitas vezes, é sinal de má digestão, intestino preso ou excesso de gases, mas só um diagnóstico completo pode determinar a causa.


“É importante que se faça o diagnóstico diferencial, isto é, temos que observar a localização da dor, se melhora ou piora com a alimentação, se melhora ou piora com a evacuação, antecedentes do paciente, entre outros fatores”, lembra o gastroenterologista clínico do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Ricardo Barbuti.


Isso porque existem inúmeras causas de dor abdominal, como a cólica. Se for recorrente, mesmo que não intensa, o recomendado é procurar ajuda e investigar o que está acontecendo.


“Alguns tipos de dor abdominal sugerem determinadas origens, mas apenas o médico é capaz de diferenciá-las com segurança”, lembra a gastroenterologista do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Paula Novais Zdanowski.


Queimação e pontada


Além das cólicas, outras dores abdominais causam desconforto. Em geral, as dores de estômago podem ser pontada ou queimação.


A pontada é aquela sensação de “facada”, uma dor mais localizada. Como diz o nome, a queimação traz uma lembrança de queima, e a cólica dói, depois melhora, em uma percepção de “vai e volta”. Elas são diferentes da cólica, que normalmente está relacionada a órgãos que contraem, como intestino e estômago.


“No caso do estômago, o tipo de dor mais comum é a queimação, que sugere doenças como gastrites e úlceras. No entanto, algumas vezes a dor nestas situações também pode se manifestar como cólica, geralmente no andar superior do abdômen, que muitos chamam de ‘boca do estômago’”, explica Paula.


A médica lembra também que, quando existe dor tipo cólica no andar superior do abdômen, é importante pensar em outros diagnósticos como pancreatite e cálculos biliares. “Esses são órgãos muito próximos ao estômago e os sintomas podem confundir o diagnóstico”, observa, reforçando a importância da consulta com um médico sempre que as dores forem recorrentes.


Cuide bem do estômago


Veja alguns hábitos que ajudam a evitar cólicas e outras dores:



  • Procure se alimentar sempre em tempo adequado (de três em três horas). Evite ficar muito tempo sem comer e procure fazer refeições regulares.

  • Evite excesso de alimentos de uma vez só.

  • Procure manter as refeições equilibradas, juntando carboidratos, gorduras e proteínas em quantidades adequadas.

  • Evite esforço físico em excesso após as refeições muito pesadas (aquele clássico “churrasco e futebol” fica melhor quando a pelada ocorre antes do almoço ou jantar).

  • Não fume: o cigarro está diretamente relacionado com aumento de refluxo e úlceras, entre outras doenças.

  • Não exagere na cervejinha: o álcool é um irritante do estômago e do esôfago. Então, deve ser consumido em quantidades modestas.




 

G1/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Alimentação ajuda a evitar cólicas e dores abdominais"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Homem morre atropelado pela própria camionete

  Adélio diz que agrediu Bolsonaro 'ao ouvir voz de Deus'

  Luan Santana se envolve em acidente em estrada

+Notícias mais lidas da semana

Camapuã recebe o 'Projeto Nossa Energia' nesta semana
Iniciativa é da Energisa que utiliza a unidade móvel para realizar a ação.
Homem é esfaqueado ao invadir casa do ex da namorada
O caso aconteceu em Camapuã na madrugada de domingo (11).
Polícia recupera em MS veículo roubado há 20 anos em SP
Automóvel estava com dois bolivianos abordados na fronteira.
Vilões do estômago: 6 hábitos que atrapalham a digestão
Mudar atitudes simples pode reduzir o desconforto após comer.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®