Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Justiça / Geral

Publicado em: 17/06/2019 - 09:56:50

Procurador contraria promotor e questiona atribuições

O procurador do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul  (MPMS) Edgar Lemos de Miranda e o promotor Marcos Alex Vera de Oliveira, titular da 30ª Promotoria do Patrimônio Público de Campo Grande, protagonizaram mais um episódio de divergência de opiniões, apesar de representarem as premissas do mesmo órgão.


Em janeiro de 2018, a 30ª Promotoria do Patrimônio Público de Campo Grande ingressou com uma ação de obrigação de fazer contra o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), após verificar falhas no cumprimento da Lei da Transparência no portal do órgão. 


Segundo a denúncia do MPMS, faltavam dados no portal, como relatórios, gastos com pessoal, despesas, receitas recebidas, entre outras informações. O processo correu em primeira instância, mas a divergência entre o procurador e o promotor do MPMS ocorreu no mandado de segurança do TCE-MS impetrado em 2ª instância, contra decisão do juiz da 2º Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho, que acatou pedido da promotoria para que a Controladoria-Geral da União (CGU) emita uma nota técnica a respeito do Portal da Transparência do TCE.


Em manifestação ao mandado de segurança, Miranda questiona se a ação inicia seria de fato de  atribuição de Marcos Alex e afirma que ao seu “sentir”, o promotor “não está revestido de poderes bastantes” para propor a obrigação de fazer ao órgão e pede a imediata extinção da ação sem análise do mérito. O pedido de liminar do TCE segue para análise do Tribunal de Justiça.




           

Correio do Estado / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Procurador contraria promotor e questiona atribuições"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

AudiênciaPública discutirá situação do Asilo de Camapuã

  Cadeirante fica presa em porta de Fórum em Dourados

  Sábado será ensolarado em todo Mato Grosso do Sul

+Notícias mais lidas da semana

Criador de porcos é autuado pela 2ª vez em Camapuã
Fato ocorreu em propriedade localizada próxima ao Distrito de Pontinha do Cocho
POEMA: 'Desabafo', a propósito das famílias de hoje
A família, criada por Deus,cantada em verso e poesia; Se definha, aos poucos...'
Acidente com ônibus deixa 21 mortos no norte do Chile
Foi na Rota B-710, em Taltal, na província de Antofagasta,há 1200 km de Santiago
Previsão de obras na rodovia MS-306 é fevereiro de 2020
Governador verá, amanhã, abertura do leilão da concessão na Bolsa de Valores-SP
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®