Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 14/09/2018 - 07:16:28

Obras não avançam, mas pedágio na BR-163 fica mais caro

Mesmo sem cumprir as metas de duplicação da BR-163 previstas na concessão da rodovia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a CCR MSVia – Concessionária de Rodovia Sul-Mato-Grossense – a cobrar 0,73% mais nas tarifas de pedágio em quatro praças, a partir de hoje.




O porcentual representa aumento de R$ 0,10 para carros de passeio, chegando a R$ 0,60 para caminhões com seis eixos.  Em outras cinco praças, a tarifa foi mantida nos mesmos valores. No entanto, a diferença por causa do arredondamento feito – que congelou a tarifa em cinco praças – será cobrada em 2019.




O ajustamento seria maior, mas houve um desconto de 4,43% sobre o reajuste com base na inflação de 5,01% dos últimos 12 meses, por causa do descumprimento das obras de duplicação de 193,5 quilômetros da via e por deixar de realizar  72 obras na rodovia. Isso reduziu o aumento relacionado à inflação para 0,58%.




De acordo com a ANTT, por força de lei, a autarquia “realiza, anualmente, o reajuste e a revisão ordinária das tarifas de pedágio das rodovias federais concedidas. Essas alterações tarifárias são aplicadas no aniversário do início da cobrança de pedágio”.




A agência ressaltou que as alterações de tarifa são calculadas levando-se em consideração três itens. O primeiro refere-se ao reajuste que corrige monetariamente os valores da tarifa ao aplicar a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a inflação.




Também é feita a revisão tarifária, que tem objetivo de “recompor o equilíbrio econômico-financeiro celebrado no contrato de concessão, quando são feitas as compensações, na tarifa de pedágio, por descumprimentos ou postergação de cláusulas contratuais, caso existam”.


 




(Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado)




 

Correio do Estado/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Obras não avançam, mas pedágio na BR-163 fica mais caro"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Curitiba: Lula depõe à Lava Jato sobre sítio de Atibaia

Tráfico:suspeito é preso por namorar criança de 12 anos

  Atropelada, diretora de creche morre em Campo Grande

+Notícias mais lidas da semana

Mulher é morta após briga por causa de dinheiro
Teria pedido R$ 50 emprestado.
Camapuã:Motorista que capotou na BR-060 será indenizado
Empresa responsável pelo recapeamento terá que pagar R$ 40 mil.
Homem morre após carro capotar na MS-436
Acidente aconteceu entre Figueirão e Camapuã.
Jovem morre ao ser atingido por raio em fazenda
Caso aconteceu em Rio Verde.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®