Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Camapuã / Polícia

Publicado em: 06/09/2018 - 07:52:59

Camapuã: Família distrai vendedora para furtar botinas

Loja localizada na Rua Pedro Celestino, centro da cidade de Camapuã foi furtada nesta quarta-feira (05). Segundo boletim de ocorrência, homem, mulher e criança entraram no local e fizeram "bagunça" para distrair a atendente enquanto cometiam o furto. O crime foi descoberto pelo empresário durante checagem no registro interno das câmeras de segurança.


Conforme o boletim de ocorrência, o proprietário deu falta de um par de botinas e perguntou para a funcionária se ela havia vendido e ela disse que não. No entanto, ela afirmou que momentos antes havia entrado uma família no local e feito a bagunça. Ao olhar a câmera, o empresário percebeu que a movimentação foi usada para distrair a atendente enquanto os calçados eram subtraídos. O caso é investigado.


 


(Foto: Arquivo) 




 

MS Todo Dia/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Camapuã: Família distrai vendedora para furtar botinas"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Juiz dá 8 dias para Lula se manifestar no caso do sítio

  Polícia ouvirá pais de menina atropelada por caminhão

  Corpo de menino é encontrado em rio após 3 dias

+Notícias mais lidas da semana

Figueirão: morre Rubem Catenacci, dono da Fazenda 3R
O falecimento ocorreu em Curitiba (PR), onde estava internado há alguns dias.
Amigos lamentam falecimento de 'Rubinho Catenacci'
Pecuarista faleceu na madrugada desta terça-feira (23).
Pressão alta? 14 alimentos que deve expulsar da dieta
Saiba como reduzir o risco de hipertensão ao cortar alimentos.
STF: ministro defende liberdade de expressão e imprensa
Censura é 'ilegítima', 'autocrática'e incompatível com 'liberdades fundamentais'
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®