Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 23/06/2018 - 09:32:00

Morte de turista por raiva humana é confirmada em SP

Um jovem de 24 anos morreu em março após ter contraído raiva humana em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (22) pela prefeitura após relatório emitido pela Secretaria Estadual da Saúde.


A vítima morava em Colombo, no interior do Paraná, mas passava férias em Ubatuba, na casa do sogro. Segundo a prefeitura, ele contraiu a doença após um acidente com um morcego no dia 3 de janeiro.


O paciente não buscou atendimento médico na cidade e, ao voltar ao Paraná, em 15 de janeiro, iniciou o esquema de vacinação, mas não completou o tratamento, de acordo com a administração municipal. Em 19 de fevereiro, o jovem foi internado com quadro clínico que sugeria raiva humana e morreu no dia 9 de março.


Em nota divulgada no site, a prefeitura de Ubatuba informou que adotou medidas de prevenção da doença assim que foi informada pela Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo sobre a suspeita. Segundo a Vigilância em Saúde de Ubatuba, as medidas incluíram a captura de morcegos no bairro da Casanga.


Também foram vacinados cães e gatos do bairro Casanga e orientação à população sobre o manejo de morcegos a ações após acidentes com animais.


Pelo país


Na última terça-feira (19) o Estado informou que ao menos 12 pessoas morreram vítimas de raiva humana desde o início do ano na comunidade de Melgaço, no arquipélago de Marajó, no Pará, município com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Foram 14 casos notificados e sete confirmados laboratorialmente pelo Instituto Evandro Chagas e pelo Instituto Pasteur.


O Ministério da Saúde informou que o país está próximo da eliminação da doença. Em 2017, foram registrados seis casos de raiva humana - um em Pernambuco, um em Tocantins, um na Bahia e três no Amazonas, todos causados pela variante do vírus que circula entre morcegos.


A raiva é transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordida. Também pode ser transmitida por arranhões ou pela lambedura desses animais. Os morcegos podem abrigar o vírus por longo período, sem sintomas aparentes.




 

EdiçãoMS / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Morte de turista por raiva humana é confirmada em SP"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Circo pega fogo e incêndio destrói carreta-bilheteria

  PRF apreende 22 quilos de maconha em ônibus na BR-163

  Homem mantinha esposa e filhos em cárcere privado

+Notícias mais lidas da semana

Câmara realiza Sessão Inaugural com presença doPrefeito
Delano Huber, acompanhado de praticamente da equipe, fez leitura de sua mensagem
Marco da Praça Solon Borges recebe golpe da natureza
Há menos de 2 anos recebeu golpe da Prefeitura, quando foi arrancada o arco real
Jovem de 19 anos é morto a tiros em confronto com PMs
Morte ocorreu de madrugada no Jardim Água Boa, quando PMs foram recebidos a tiro
Camapuã:Câmara tem sessão de abertura nesta sexta-feira
Evento, que terá a leitura da mensagem do prefeito, será às 9 horas, no Plenário
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®