Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 13/06/2018 - 07:20:10

Reclamações contra a Energisa somam 9 por dia no Procon

Cobranças irregulares de consumo de energia elétrica estão no topo das reclamações registradas contra a Energisa na Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), em Campo Grande. Somente este ano o órgão já registrou total de 1.431 queixas contra a concessionária do serviço de distribuição de energia em Mato Grosso do Sul, média de nove por dia. Do total, 435 são referentes a cobranças indevidas ou abusivas, o que representa cerca de 1/3 de todos os casos.




Segundo o Procon, o total de reclamações já é quase 12% maior em comparação com o mesmo período do ano passado (com total de 2.925), quando foram registrados 1.282 casos. 




Os registros também são comuns na Defensoria Pública do Estado, que confirma intensificação dos problemas a partir da privatização da empresa nos anos 90. Lá são em média dez novos casos por mês, a maioria absoluta relativa a cobrança irregular. “A Defensoria sempre atuou em ações do tipo. Muitas questões, mesmo reguladas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) levam a discussão. Não é porque está previsto que o consumidor tem que se calar”, explica a defensora pública Jane Inês Dietrich, que atua na área de defesa do consumidor na Capital.


 


 


(Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado)




 

Correio do Estado/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Reclamações contra a Energisa somam 9 por dia no Procon"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Corumbaense perde por 2 a 0 para os visitantes do Iporá

  Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 12 milhões na quarta

  MS:Inmet prevê frio nas manhãs e noites e calor à tarde

+Notícias mais lidas da semana

Índios prendem homem com motosserra tirando madeira
Foi na Terra Indígena (TI) Urubu Branco, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá (MT)
Camapuã: Câmara analisa afastamento do prefeito e vice
A base é recebimento pelo juiz da denúncia do MP por improbidade administrativa
Médico genecologista e mulher morrem em acidente aéreo
Foi na Capital. Eles estavam na aeronave que caiu no aeroporto Santa Maria
Capivara vira caso de polícia em bar de Coxim
O proprietário do estabelecimento, de 55 anos, foi quem fez o acionamento.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®