Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Coxim / Polícia

Publicado em: 16/02/2018 - 10:01:43

Ladrão rouba cantina de escola e destrói produtos

Infelizmente, a maldade humana não tem limites. A prova disso está num crime ocorrido entre as 4 e 7 horas desta sexta-feira (16), na Escola Municipal Wiliam Tavares, na Silviolândia, distrito de Coxim.


A cantina do local, que é terceirizada, foi arrombada. Para ter acesso ao local o ladrão serrou a grade da janela, que foi arrombada em seguida e fez um verdadeiro limpa. Segundo a proprietária, é a segunda vez que a cantina é arrombada.


Desta vez, o prejuízo em material é de aproximadamente R$ 1,2 mil. “Levaram tudo que tinha de melhor e, consequentemente, mais caro. Os melhores refrigerantes e os melhores doces”, contou Ana Lúcia Pereira Lima, de 51 anos, que toca o local há quase 10 anos.


O pior foi a destruição de tudo que o ladrão não conseguiu levar. Entre esses itens está o salgado congelado. De acordo com Ana Lúcia, a cantina foi abastecida no dia anterior, pois as aulas começam na segunda-feira (19).


A Polícia Militar foi acionada e registrou o ocorrido. Conforme a escola, o local tem guarda da prefeitura até às 4 horas.


 




 

EdiçãoMS / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Ladrão rouba cantina de escola e destrói produtos"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Corumbaense perde por 2 a 0 para os visitantes do Iporá

  Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 12 milhões na quarta

  MS:Inmet prevê frio nas manhãs e noites e calor à tarde

+Notícias mais lidas da semana

Índios prendem homem com motosserra tirando madeira
Foi na Terra Indígena (TI) Urubu Branco, em Confresa, a 1.160 km de Cuiabá (MT)
Camapuã: Câmara analisa afastamento do prefeito e vice
A base é recebimento pelo juiz da denúncia do MP por improbidade administrativa
Médico genecologista e mulher morrem em acidente aéreo
Foi na Capital. Eles estavam na aeronave que caiu no aeroporto Santa Maria
Capivara vira caso de polícia em bar de Coxim
O proprietário do estabelecimento, de 55 anos, foi quem fez o acionamento.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®