FECHAR
> Bandeirantes / Polícia

Publicado em: 19/01/2018 - 15:51:28

Bandeirantes: Fazendeira é autuada por desmatamento

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou uma fazendeira por desmatamento ilegal durante fiscalização ambiental realizada em uma fazenda no município de Bandeirantes, verificou que a proprietária rural suprimiu 112 hectares de vegetação sem autorização ambiental.


Dois hectares eram de área protegida de preservação permanente (APP) de matas ciliares de um córrego denominado Cachoeira Branca, que corta a propriedade. As medidas foram tomadas com uso de GPS.


Parte do desmatamento acontecera há algum tempo e já havia pastagem. Outra parte era recente e a madeira produto do desmatamento da floresta encontrava-se em leiras no local. Além disso, devido a falta de conservação do solo, processos erosivos começaram a se formar, inclusive, na margem do córrego. As atividades foram interditadas.


A fazendeira, de 77 anos, residente em Campo Grande, foi autuada administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 120 mil. Ela também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.


A infratora foi notificada a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.




 

EdiçãoMS / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Bandeirantes: Fazendeira é autuada por desmatamento"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  TRE-MS barra 10 candidaturas

  Juiz eleitoral diz que urna eletrônica é segura

  Morador põe fogo em lixo e quase incendeia casa

+Notícias mais lidas da semana

Camapuã: Escola Camilo Bonfim completa 50 anos
Em localização privilegiada, a Escola Camilo Bonfim foi inaugurada em 1968.
Camapuã: chuva faz adiar evento no Camilo Bonfim
Evento foi transferido para terça-feira (18), amanhã, com a mesma programação.
Neto é detido por morte de ex-diretora da Fetems
Adolescente de 17 anos e amigo queriam 'assassinar alguém'.
Camapuã:Mulher sofre emboscada e é agredida pelo marido
A vítima registrou o caso e pediu uma medida protetiva contra o autor.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®