Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Ministério Público / Investigação

Publicado em: 19/12/2017 - 14:45:13

MPE-MS tem mais um 'plus' que pode chegar a R$ 2,1 mil

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) publicou nesta terça-feira (19), véspera do feriado forense, a aprovação do auxílio-transporte a todos os servidores e membros do órgão, mais um entre outros 13 ‘penduricalhos’ que pode chegar a R$ 2.132,97.


De acordo com a publicação do Diário Oficial do órgão, o valor é de 7% sobre o salário do servidor e com previsão de reajuste anual. Os servidores de outros órgãos e entidades à disposição do Ministério Público também farão jus ao benefício do auxílio-transporte, desde que apresentem declaração emitida pelo órgão ou entidade de origem certificando que não recebem do órgão de origem benefício similar.


O valor mínimo a ser pago é de R$ 968. O máximo é calculado com o teto salarial da instituição, R$ 30.471,11, sem contar com os adicionais salariais.


O auxílio-transporte, concedido em pecúnia, tem caráter indenizatório e não se incorpora ao vencimento, remuneração, proventos ou pensão, não integra a base de cálculo para concessão de qualquer outra vantagem pecuniária e não configura rendimento tributável. Parágrafo único. O auxílio-transporte não caracteriza salário-utilidade ou prestação salarial in natura e não poderá ser acumulado com outras vantagens de idêntica espécie.


Revisão salarial


Em devassa aos salários dos membros, o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) averiguou no procedimento de controle administrativo 1.00952/2016-34 que 15 membros do MPE-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) receberam acima do teto constitucional entre os anos de 2014 e 2016. Os membros terão os valores repassados a mais em seus ‘supersalários’ descontados das folhas de pagamento.


Das 13 verbas indenizatórias, duas deveriam ser pagas junto ao salário, ou seja, respeitando o teto constitucional, que são as verbas de indenização de função e indenização de substituição.


Além das verbas citadas, existem ainda as gratificações natalina, adicional de férias, abono pecuniário de férias, abono de permanência, auxílio-moradia, ajuda de custo, auxílio alimentação, auxílio, pré-escolar, plano de assistência médico-social, auxílio funeral e as diárias.




 

Midiamax / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "MPE-MS tem mais um 'plus' que pode chegar a R$ 2,1 mil "

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Em vídeo, Bolsonaro diz por que exonerou Bebianno

  Jovem é preso na BR-060 com maconha que saiu da Capital

Honestidade é para todos. Pena que poucos a tem

+Notícias mais lidas da semana

Câmara realiza Sessão Inaugural com presença doPrefeito
Delano Huber, acompanhado de praticamente da equipe, fez leitura de sua mensagem
Camapuã:Espaço Cultural da Câmara traz volta ao passado
Além da galeria de presidentes, ‘Espaço Cultural José Jonas’ expõe fotos antigas
Jornalista Boichat morre em queda de helicóptero em SP
Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão na Rodovia Anhanguera
Jovem de 19 anos é morto a tiros em confronto com PMs
Morte ocorreu de madrugada no Jardim Água Boa, quando PMs foram recebidos a tiro
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®