Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Saúde / Hospitais

Publicado em: 19/12/2017 - 07:44:17

Governo espera fazer 1,2 cirurgias de cataratas no HC

O governo do Estado, por intermédio da SES (Secretaria de Estado de Saúde) realiza desde ontem, segunda-feira (18), um mutirão de cirurgias eletivas de catarata no HCAA (Hospital de Câncer Alfredo Abrão). Nesta terça-feira (19) o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) visita o local no começo da manhã.


De acordo com a SES, o governo investiu cerca de R$ 1,4 milhão para possibilitar as cirurgias e consultas no Hospital.


A expectativa é atender pelo menos 400 pessoas por dia, pacientes que estão na fila do Sisreg (Sistema de Central de Regulação), moradores da microrregião de Campo Grande e Ponta Porã.


A assessoria do governo explica que as duas regiões incluem os municípios de Bandeirantes, Camapuã, Corguinho, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Terenos, Bonito, Porto Murtinho, Amambai, Antonio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.


A SES quer realizar todas as intervenções cirúrgicas no prazo de uma semana, sendo que o paciente precisa de três retornos ao médico após a cirurgia.






Midiamax / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Governo espera fazer 1,2 cirurgias de cataratas no HC"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

Sábado começa com sol e chuva chega à tarde

  Mega-Sena pode pagar R$ 15 milhões neste sábado

  Motociclista morre ao bater em caminhão na MS-384

+Notícias mais lidas da semana

Família de idoso que morreu no HR pede R$ 3 milhões
Camapuanense morreu após cair de maca.
Mulher quebra o pé ao cair em buraco e quer indenização
Pediu R$ 95 mil à Prefeitura de Campo Grande.
Camapuã: PMs improvisam cobertura com lona em pelotão
Representantes da categoria pediram interdição do local.
Pedreiro é morto a facadas pelo síndico após discussão
Entrada de pessoas não autorizadas no local teria motivado desavença.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®