Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Cultura / Artes

Publicado em: 13/08/2017 - 07:44:44

POESIA DO DIA: 'Meu Pai' - Homenagem aos Pais
MEU PAI
(Livro Sonhos & Realidades - Etevaldo Vieira de Oliveira)

Desde quando era criança,
O meu pai era o meu guia,
Fazia o que ele fazia
E com grande euforia,
Os seus atos eu aplaudia.

Fiquei moço arrojado,
Já não era mais criança,
Nos meus sonhos de esperança,
Meu pai era o precursor...
Sorrindo e feliz, já enrugado,
Meu pai me ensinou a vida,
Que o ímpeto de vencedor,

Não me tornasse agressor.
Às vezes via meu pai,
Cabisbaixo, preocupado,
Já corria ao seu lado,
Procurando o consolar,
Era o desconsolo da vida
Uma alma desfalecida,
Que lutou, lutou, lutou
Pra quase nada alcançar.

Meu pai morreu pobre, pobre,
Mas cheio de amizade
Cheio de solidariedade,
Honesto e trabalhador...
Se hoje sou o que sou
É porque ouvi seus conselhos,
Tenho nele meu espelho,
Com as bênçãos do senhor.

A meu pai que está no céu:
Rogue a Deus, peça por mim,
P’ra que eu seja até o fim,
Como o senhor me ensinou.


Foto: Divulgação



 

Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "POESIA DO DIA: 'Meu Pai' - Homenagem aos Pais"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

Sábado começa com sol e chuva chega à tarde

  Mega-Sena pode pagar R$ 15 milhões neste sábado

  Motociclista morre ao bater em caminhão na MS-384

+Notícias mais lidas da semana

Família de idoso que morreu no HR pede R$ 3 milhões
Camapuanense morreu após cair de maca.
Mulher quebra o pé ao cair em buraco e quer indenização
Pediu R$ 95 mil à Prefeitura de Campo Grande.
Camapuã: PMs improvisam cobertura com lona em pelotão
Representantes da categoria pediram interdição do local.
Pedreiro é morto a facadas pelo síndico após discussão
Entrada de pessoas não autorizadas no local teria motivado desavença.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®