Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Geral / Geral

Publicado em: 11/08/2017 - 13:20:21

Temer visita MT em meio a protesto de caminhoneiros

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), chegou em Mato Grosso, nesta sexta-feira (11), em meio a protesto de caminhoneiros, que bloqueiam trecho da BR-163, em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, contra o aumento no preço do combustível decretado pelo governo federal. Segundo a concessionária que administra a rodovia, o trecho no km 686 está fechado desde as 6h.


Temer desembarcou no aeroporto de Sinop, a 503 km da capital, junto com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e outros políticos mato-grossenses, entre eles o senador José Medeiros (PSD) e os deputados federais, Nilson Leitão (PSDB) e Victório Galli (PSC), e foi recebido pela prefeita da cidade, Rosana Martinelli (PR). Ela aproveitou a oportunidade para pedir ao presidente a celeridade nas obras de duplicação da BR-163.


Depois, ele foi de helicóptero até a Fazenda Boa Vista, em Lucas do Rio Verde, para o lançamento da colheita de algodão no estado. Na propriedade rural, ele subiu em uma colheitadeira de algodão em uma lavoura. No evento, o presidente não discursou.


Durante o evento, o ministro da Agricultura exaltou o avanço tecnológico da agricultura em Mato Grosso e os desafios do setor, como o controle de pragas, por exemplo. "A cultura do algodão veio para ficar e a cada ano os produtores estão mais determinados a continuar e estamos conseguindo uma produtividade espetacular", afirmou.


Maggi ainda destacou a safra recorde de algodão no estado. "Estamos falando de uma produção que já é referência no país. Com o meu olhar de agricultor, falo tranquilamente em 360 arrobas por hectare, diferente do que era quando começamos"


Temer também se deslocou de um compromisso ao outro de helicóptero. Antes da cerimônia de inauguração da primeira usina de etanol produzido a partir do milho, que já está operando parcialmente, ele conheceu as instalações da indústria, junto com representantes da empresa FS Bioenergia e de políticos, entre eles o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB).


No evento, Henrique Ubrig, presidente da FS Bioenergia, elogiou a produtividade de Mato Grosso. "A competência produtiva do estado é ímpar e merece palmas", declarou.


O protesto dos caminhoneiros começou na semana passada, mas tinha sido suspenso na quarta-feira (9). Vários trechos chegaram a ser fechados. Nesta sexta-feira, no ponto bloqueado, os manifestantes estão impedindo o tráfego de veículos de carga e estão liberando a passagem dos outros veículos.


Eles reclamam do reajuste no valor do combustível a partir de decreto assinado por Temer em julho, a fim de aumentar a arrecadação. A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro; a tributação sobre o diesel, R$ 0,21 por litro; e o imposto sobre o etanol, R$ 0,20 por litro.


Essa é a primeira vez que Temer visita Mato Grosso desde que assumiu a Presidência, em julho do ano passado. Indústria de etanol de milho


A usina inaugurada oficialmente nesta sexta-feira fica a 10 km da zona urbana de Lucas do Rio Verde e surgiu a partir da parceria de uma empresa brasileira com uma empresa norte-americana. O etanol usa exclusivamente o milho, do qual Mato Grosso é o maior produtor, como matéria-prima.


A usina possui 250 mil metros quadrados e custou aproximadamente R$ 450 milhões, segundo empresa FS Bioenergia. A escolha de Lucas do Rio Verde para a instalação da usina se deve ao fato de o município ser o maior produtor de milho do estado e, consequentemente, a matéria-prima tem o preço um pouco mais baixo.


Mato Grosso produz cerca de 30 milhões de toneladas de milho ao ano e só 4 milhões destas são consumidas no estado. O restante é vendida para outros estados e até para fora do país. A expectativa é moer 600 mil toneladas de milho por ano.


A previsão inicial é produzir anualmente 240 milhões de litros de etanol de milho, além de 180 mil toneladas de farelo, 6 mil toneladas de óleo de milho e energia, gerada a partir da queima de eucalipto.






G1/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Temer visita MT em meio a protesto de caminhoneiros"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Chapadão do Sul agora conta com nova ambulância com UTI

  Briga por causa de ex-mulher deixou dois mortos

  PM compra dez bafômetros novos em MS por R$ 104 mil

+Notícias mais lidas da semana

Camapuã: Homem é encontrado morto a facadas
'Chicão' foi encontrado morto, caído próximo a rodoviária.
Tiririca se despede 'com vergonha da política'
'Nem todos os 513 trabalham. É vergonhoso', afirma o deputado.
Por ciúmes, homem atropela dois em Camapuã
Suspeito viu a ex conversando com os dois jovens em bar.
Deputado Júnior Mochi presta contas em Camapuã
O evento contou com a presença dos prefeitos de Camapuã e Figueirão.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®