Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Figueirão / Polícia

Publicado em: 17/06/2017 - 08:28:35

Figueirão:Caminhoneiro é preso por porte ilegal de arma

Um homem de 30 anos foi preso na última sexta-feira (16) por porte ilegal de arma de fogo. A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Costa Rica realizou a prisão durante um bloqueio na rodovia MS – 436, no km 8, em Figueirão. A arma, que pertencia ao motorista, era um calibre 32 e estava carregada com 5 munições.


O veículo tinha placas de Terenos e trafegava entre Costa Rica e Figueirão quando foi abordado pela equipe policial. A arma e as munições que foram encontradas na cabine do caminhão não possuíam documentação e foram apreendidas.


O motorista foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Camapuã, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. A pena desse crime varia de dois a quatro anos de prisão.




 

Midiamax/ Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Figueirão:Caminhoneiro é preso por porte ilegal de arma"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Homem mata irmão gêmeo com dois tiros em MS

  Viatura da PM bate de frente com carro e3 ficam feridos

  ARTIGO: 'O último da fila' - Roberto Pompeu de Toledo

+Notícias mais lidas da semana

Família de idoso que morreu no HR pede R$ 3 milhões
Camapuanense morreu após cair de maca.
Mulher quebra o pé ao cair em buraco e quer indenização
Pediu R$ 95 mil à Prefeitura de Campo Grande.
Pedreiro é morto a facadas pelo síndico após discussão
Entrada de pessoas não autorizadas no local teria motivado desavença.
Caminhão com três toneladas de frutas é furtado
Prejuízo é de R$ 4 mil.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®