FECHAR
> Eventos / Geral

Publicado em: 02/05/2017 - 09:35:49

'Caminhada da Paz' reúne mais de mil pessoas em CG

O recado foi dado: a população de Campo Grande é contra todas as formas de violência contra as mulheres. A demonstração de repúdio à violência foi dada nesta sexta-feira (28), na Caminhada pela Paz – Mulher Brasileira – Todos emPENHAdos Contra a Violência, que reuniu cerca de mil pessoas que saíram da frente do Fórum de Campo Grande, na Rua da Paz, e seguiram até o Cijus - Centro Integrado de Justiça, situado na Rua 7 de Setembro, onde foi feita a concentração final que contou com a participação especial da dupla Victor Gregório e Marco Aurélio, que também são parceiros nessa causa.



O objetivo da caminhada foi chamar atenção para um problema alarmante e preocupante: mulheres que ainda sofrem violência de seus companheiros.


Diante dessa realidade tão triste de violência sofrida pela mulher, o presidente do Tribunal de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran, conclamou todo o Poder Judiciário, instituições e sociedade para propagar a cultura da paz dentro de casa.


Todo o trajeto foi conduzido pelo locutor e radialista Joel Silva, que mostrava os dados da violência doméstica contra as mulheres. Diversas autoridades compareceram para caminhar junto ao grupo e usaram o microfone para mostrar que o Poder Público está do lado da mulheres.


A juíza Jacqueline Machado, titular da Vara de Medidas Protetivas na Capital e Coordenadora Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, no Brasil, foi a idealizadora da caminhada, além de outras ações que já estão sendo desenvolvidas para este ano de 2017. Segundo a magistrada, uma mulher morre a cada 90 minutos vítima de feminicídio, 52% das mulheres vítimas não fazem denúncia e sofrem caladas e MS é o quinto estado brasileiro em taxa de feminicídio, segundo pesquisa do Instituto Datafolha.


Ainda segundo a magistrada, que atua na Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande, apesar da rede de proteção, os casos continuam ocorrendo e eventos como este servem justamente para que as vítimas procurem ajuda.


“Com a estrutura que nós temos na Casa da Mulher, em Campo Grande, fica mais fácil para a mulher buscar proteção. Mas não podemos dizer que os casos tenham diminuído, mas ao contrário, continuam ocorrendo, e cada dia mais graves e nós estamos com este trabalho, justamente para prevenção, dando visibilidade a esta causa, deixando a mensagem de que nós não toleramos mais qualquer forma de violência contra as mulheres”, disse Jacqueline Machado.


Participaram da Caminhada pela Paz – Mulher Brasileira – Todos emPENHAdos Contra a Violência, o Des. Amaury da Silva Kuklinski, presidente da Associação dos Magistrados de MS (AMAMSUL), Fernando Chemin Cury, que representou o presidente do TJMS, Des. Divoncir Schreiner Maran, e vários magistrados, a subsecretária de Estado de Políticas Públicas para Mulheres Luciana Azambuja, que representou o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, a subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres de Campo Grande, Carla Stephanini, a além de diversas autoridades e personalidades de todas as áreas que estão engajadas e demonstrando seu apoio ao Projeto "Vem pra Rua Mulher Brasileira".


São também parceiros nessa causa os cantores Luan Santana, Paula Mattos, Gabriel Sater e a dupla Matheus e Kauan, o ator Blota Filho, Ministério Público Federal, O Boticário, Quem disse Berenice, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 24ª Região, o Corpo de Bombeiros de MS, Alfa Financeira, o Conselho Regional de Odontologia (CRM/MS), Cassems, Instituto Patricia Galvão, Instituto Avon, Portal Compromisso e Atitude, administração do Centro Integrado de Justiça e do Fórum de Campo Grande, Secretarias Municipais de Assistência Social e de Educação; Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública de MS (Sejusp), Tribunal de Contas do Estado, Uniderp, UFMS, UCDB, NEVID e Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça, MP 47ª Promotoria, ICF – Internacional Coach Federation – Chapter MS, Delegacia Geral da Polícia Civil, Agetran, Assembleia Legislativa, Assomasul, Constelação Sistêmica Familiar - IAP, Casa da Mulher Brasileira, Fórum de Cultura de Campo Grande, Rádio Capital e TVE.


Divulgação na mídia: Durante toda a semana, o programa Capital Meio Dia, da Rádio Capital, trouxe uma personalidade para abordar o tema violência contra a mulher. Foram entrevistadas as juízas Jacqueline Machado e Liliana Monteiro, além de Luciana Azambuja e Carla Stephanini.

Ressalte-se que o Poder Judiciário estará engajado durante todo o ano de 2017, na Campanha Mulher Brasileira, que faz parte da mobilização nacional "Justiça pela Paz em Casa", idealizada pela presidente do STF e do CNJ, Ministra Cármen Lúcia.


A Campanha é um projeto inédito no Brasil e tem ações em andamento como o "Mãos emPENHAdas contra a violência", que propõe a capacitação de profissionais da área da beleza para que sejam agentes multiplicadores de informação no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, identificando e orientando as clientes de como combater e denunciar os abusos. Os estabelecimentos que aderirem ao projeto terão um Selo de Parceria para identificar sua participação.


Importante lembrar que toda esta mobilização está sendo realizada em todo o Estado de Mato Grosso do Sul, desde o dia 6 de fevereiro, e resultará em diferentes ações, sendo a caminhada uma das muitas a serem executadas pelo Poder Judiciário, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar.


Autor da notícia: Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br


Foto: Divulgação


 




 

Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "'Caminhada da Paz' reúne mais de mil pessoas em CG"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  ANP fará mudanças no relato dos preços de combustíveis

  Junior Mochi volta a ser alternativa do MDB ao governo

Caixa oferta 158 imóveis com descontos no Estado

+Notícias mais lidas da semana

Mensagem de mês de falecimento da Professora Zezé
'Uma luz que brilhou em Camapuã e irradiará flesch na vida de quem a conheceu'.
Camapuã: empresas multadas por descumprirem contratos
São relativos as obras na vila Izolina, Vista Alegre, Sabiá I e Jardim América.
Mãe flagra filho estuprando a própria irmã e o denuncia
Rapaz de 23 anos tinha passagem por roubo e estava foragido da Justiça
1º Encontro de Violeiros de MS foi exemplar em Camapuã
Milhares de pessoas foram ver duplas de renome nacionais se apresentarem.
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®