Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Ribas do Rio Pardo / Geral

Publicado em: 12/03/2017 - 16:19:20

Mulher desaparecida em SC há 21 anos é encontrada em MS

Uma história surpreendente que tinha tudo para não ter desfecho feliz surpreendeu duas famílias, uma em Santa Catarina e outra em Mato Grosso do Sul. No começo deste mês, uma mulher de 43 anos que há 21 anos não via a família foi encontrada em fazenda do Estado. O caso só foi revelado agora pela Polícia Civil.

Conforme apurou o site de notícias G1 SC, a mulher, que não teve identidade divulgada, desapareceu da cidade de Iporã do Oeste (SC) em 1996. Na época, ela tinha pouco mais de 20 anos, estava noiva e fugiu de casa porque sofria agressões do pai.

Os anos se passaram e a família que permanece no sul do país nunca mais conseguiu contato com a jovem. Cartazes de desaparecimento, inclusive, foram espalhados pela cidade.

Há quatro anos, um irmão da mulher procurou a Delegacia de Pessoas Desaparecidas de Santa Catarina para novamente registrar o caso e tentar localizar a irmã. Durante as investigações, policiais encontraram cadastro em nome da mulher no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

A desaparecida estava viva e morando em fazenda da área rural de Ribas do Rio Pardo, distante 97 quilômetros de Campo Grande. A polícia chegou até a mulher por meio dos três filhos que ela tem e são matriculados em escolas do Estado. O Conselho Tutelar de Ribas ajudou no contato com a família.

No primeiro momento, a mulher se recusou a ter contato com os parentes que a procuravam há 21 anos. No entanto, dois dias depois, ela mudou de ideia e afirma que quer reencontrar a família. O pai que a agredia morreu há alguns anos.

Conforme disse à Polícia Civil, a mulher espera conseguir visitar os parentes até o mês de abril.

Foto: Divulgação/PC 



Uma história surpreendente que tinha tudo para não ter desfecho feliz surpreendeu duas famílias, uma em Santa Catarina e outra em Mato Grosso do Sul. No começo deste mês, uma mulher de 43 anos que há 21 anos não via a família foi encontrada em fazenda do Estado. O caso só foi revelado agora pela Polícia Civil.


Conforme apurou o site de notícias G1 SC, a mulher, que não teve identidade divulgada, desapareceu da cidade de Iporã do Oeste (SC) em 1996. Na época, ela tinha pouco mais de 20 anos, estava noiva e fugiu de casa porque sofria agressões do pai.


Os anos se passaram e a família que permanece no sul do país nunca mais conseguiu contato com a jovem. Cartazes de desaparecimento, inclusive, foram espalhados pela cidade.


Há quatro anos, um irmão da mulher procurou a Delegacia de Pessoas Desaparecidas de Santa Catarina para novamente registrar o caso e tentar localizar a irmã. Durante as investigações, policiais encontraram cadastro em nome da mulher no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).


A desaparecida estava viva e morando em fazenda da área rural de Ribas do Rio Pardo, distante 97 quilômetros de Campo Grande. A polícia chegou até a mulher por meio dos três filhos que ela tem e são matriculados em escolas do Estado. O Conselho Tutelar de Ribas ajudou no contato com a família.


No primeiro momento, a mulher se recusou a ter contato com os parentes que a procuravam há 21 anos. No entanto, dois dias depois, ela mudou de ideia e afirma que quer reencontrar a família. O pai que a agredia morreu há alguns anos.


Conforme disse à Polícia Civil, a mulher espera conseguir visitar os parentes até o mês de abril.





 

Correio do Estado / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "Mulher desaparecida em SC há 21 anos é encontrada em MS"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Inovação à mesa: salada de músculo com maçã e nozes

  Juiz quer avaliação psicológica de advogada

  Jovem agride idosa de 80 anos a pauladas para roubar

+Notícias mais lidas da semana

Câmara realiza Sessão Inaugural com presença doPrefeito
Delano Huber, acompanhado de praticamente da equipe, fez leitura de sua mensagem
Camapuã:Espaço Cultural da Câmara traz volta ao passado
Além da galeria de presidentes, ‘Espaço Cultural José Jonas’ expõe fotos antigas
Jornalista Boichat morre em queda de helicóptero em SP
Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão na Rodovia Anhanguera
Marco da Praça Solon Borges recebe golpe da natureza
Há menos de 2 anos recebeu golpe da Prefeitura, quando foi arrancada o arco real
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®