Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

FECHAR
> Ribas do Rio Pardo / Vereador

Publicado em: 14/05/2015 - 21:57:55

STJ nega a volta de todos os vereadores de Ribas

Além do agora ex-vereador Diony Erick de Souza, que renunciou no início da noite desta quinta-feira na Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, pouco antes da sessão de cassação, outros cinco afastados não poderão retornar aos cargos, como desejavam e recorreram ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). O Tribunal negou nesta quarta-feira (13), o pedido de liminar solicitado por todos os seis vereadores afastados pelo juiz da comarca de Ribas em novembro do ano passado, devido à acusação de participação na “farra das diárias”.


Haviam recorrido ao STJ: Diony Erick, Antonino Ângelo da Silva, Justino Machado Nogueira e Célia Regina Rodrigues Ribeiro. Os já cassados: Fabiano Duarte da Silva e Claudio Roberto Siqueira Lins também recorreram à suprema corte. “Indefere-se a liminar e Não concedida à medida liminar”, pontuou o Ministro Relator Jorge Mussi.


Conforme despacho do Ministro, em todos os recursos ordinários que pediam habeas corpus e de reintegração aos cargos, está em última fase e as decisões, no total de cinco, sendo a de Justino e Célia uma ação conjunta, são em última instância. Isto significa que representa para os vereadores afastados, o ‘fim da linha’ no que diz respeito ao mandato político em que foram afastados pelo Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.


O despacho com as decisões de Mussi foram publicadas simultaneamente às 18h11min dessa quarta-feira (13), no site do STJ, e estão previstas para circularem no Diário Oficial da Justiça Eletrônico nessa sexta-feira, dia 15.
Fabiano Duarte e Claudio Lins, foram cassados politicamente na semana passada pela Câmara Municipal, já não possuem mais meios legais para recorrerem. A situação ficou a mesma para Diony, que renunciou e também pode ficar idêntica para Ângelo, que iria a julgamento também hoje (14), às 18h, na Câmara Municipal. Mas com a renuncia de Diony a sessão que era a mesma foi suspensa.


Já Justino e Célia, que ainda não tem a data do julgamento definida, só possuem alternativa de aguardar a decisão da Comissão Processante que vão cassá-los ou absolve-los.






Campo Grande News / Camapuã News

Opiniões

0 Comentários para "STJ nega a volta de todos os vereadores de Ribas"

Deixe sua opinião

AVISO: As opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site camapuanews. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, ficando seus autores, após identificado o IP, responsáveis civil e penalmente por seus conteúdos.
Nome
E-mail (Não divulgado)
Mensagem
     
+Leia mais notícias

  Inovação à mesa: salada de músculo com maçã e nozes

  Juiz quer avaliação psicológica de advogada

  Jovem agride idosa de 80 anos a pauladas para roubar

+Notícias mais lidas da semana

Câmara realiza Sessão Inaugural com presença doPrefeito
Delano Huber, acompanhado de praticamente da equipe, fez leitura de sua mensagem
Camapuã:Espaço Cultural da Câmara traz volta ao passado
Além da galeria de presidentes, ‘Espaço Cultural José Jonas’ expõe fotos antigas
Jornalista Boichat morre em queda de helicóptero em SP
Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão na Rodovia Anhanguera
Marco da Praça Solon Borges recebe golpe da natureza
Há menos de 2 anos recebeu golpe da Prefeitura, quando foi arrancada o arco real
Publicidade


2009 © Todos os direitos reservados ao Camapuã News. Este material pode
ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído, desde que citada a fonte.
Marknet®